Confira dicas para evitar acidentes com ralos de piscina

dicas para evitar acidentes com ralos de piscina

Cuidados e manutenção:

● A água armazenada na piscina precisa ser limpa e filtrada. Para isso, sai por um ralo, passa pelo filtro e volta para a piscina pela tubulação de retorno. São estes os dois ralos que encontramos na piscina: um de saída e um de entrada da água.

● A norma NBR 10.339 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) prevê como os ralos e outros itens devem ser instalados, para evitar acidentes.

● Moradores de casas com piscinas e síndicos de condomínios devem solicitar manutenções periódicas para verificar a segurança.

● Existem sistemas de sucção que não precisam ser desligados quando há banhistas na piscina. Se você tiver receio, deve desligar a bomba ou pedir que ela seja desligada.

● Nunca se aproxime dos ralos instalados nas piscinas, nem tente obstruir a passagem de água por eles.

● Evite entrar em piscinas cujos drenos estejam sem tampa ou sem grade de acabamento.

Atenção especial à gurizada!

● Crianças menores de nove anos não devem entrar na piscina desacompanhadas.

● Pais ou responsáveis devem ter 100% de supervisão com crianças e mantê-las à distância de um braço.

● Nunca deixe seu filho sozinho, ainda que saiba nadar.

● O uso de coletes salva-vidas é recomendado para a segurança das crianças menores de cinco anos.

● Cerque as piscinas, restringindo o acesso de crianças.

Fonte: Associação Nacional dos Fabricantes Construtores de Piscinas e Produtos Afins

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *